Projeto “Embaixadores da Juventude” recebe prêmio internacional na Turquia

A mensagem sobre a importância do fortalecimento de lideranças jovens nas comunidades promovida pela Cruz Vermelha Brasileira – Filial de São Paulo ganhou o mundo. O projeto “Embaixadores da Juventude” idealizado e executado pelos voluntários do Departamento de Juventude recebeu o prêmio internacional da Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho. A cerimônia foi realizada nessa semana, na Turquia.

“Ficamos orgulhosos em ver a visibilidade que a iniciativa ganhou e como poderá servir de inspiração para Sociedades Nacionais de outros países. Tenho certeza de que tudo isso só está sendo possível porque acreditamos na força que esses jovens têm para liderar”, afirmou a responsável pelo Departamento de Juventude, Kamilla Jungo.

Kamilla Jungo é responsável pelo Departamento de Juventude da Cruz Vermelha Brasileira – Filial São Paulo

O “Embaixadores da Juventude” tem como objetivo empoderar estudantes do ensino médio (de 15 a 17 anos) de comunidades em situação de vulnerabilidade social na cidade para que possam mudar o local e a sociedade em que vivem.

A partir da ideia dos voluntários do departamento, o projeto tomou forma e começou a ser realizado neste ano por meio de encontros mensais. A cada reunião, os voluntários da Cruz Vermelha e os moradores jovens debatem e realizam atividades com temas sobre direitos humanos, questões de gênero, educação, entre outros.

As abordagens são pautadas em cima de assuntos que os voluntários do departamento sugerem e das próprias demandas dos participantes. “Sempre estimulamos os jovens a pensarem e se questionarem sobre suas realidades. Isso é muito importante porque gera uma sensação de pertencimento. Assim, eles descobrem a capacidade e a voz que têm para mudar o local em que vivem”, explicou Kamilla.