Cruz Vermelha participa da final da Copa dos Refugiados

Natália Scarabotto

 

A final da Copa dos Refugiados, que aconteceu no Estádio do Pacaembu, no domingo (24/09), foi um show de empolgação e gols dentro de campo. Com muita habilidade, a Nigéria fez 9x4 em cima do Marrocos e levou o título da 4ª edição do campeonato da ONG África do Coração. Fora do gramado, a Cruz Vermelha Brasileira de São Paulo também pontuou com atendimento de Primeiros Socorros e a entrega de kits de higiene.

Junto com as medalhas, cada jogador levou para casa um kit preparado pela instituição. No total, foram entregues cerca de 320 kits, sendo 288 com produtos masculinos e 32 com produtos femininos para as atletas que participaram do evento de integração, realizado com times mistos.

A equipe de Primeiros Socorros também esteve presente para prestar atendimento, assim como foi feito na fase anterior da disputa.   

As ações da Cruz Vermelha no evento fortalecem a parceria com a ONG África do Coração e cumpre a missão da instituição em amenizar o sofrimento humano, além de apoiar a causa do refúgio no país.

Copa dos Refugiados

Criada em 2014, a competição de futebol tem como objetivo dar visibilidade à causa do refúgio e imigração em São Paulo, assim como promover a integração entre os participantes.

Na edição deste ano, 16 times se enfrentaram em jogos eliminatórios nos dias 16 e 17/09. Estiveram presentes as seleções de Angola, Benin, Camarões, Colômbia, Gâmbia, Gana, Guiné Bissau, Guiné Conacri, Iraque, Mali, Marrocos, Nigéria, República Democrática do Congo, Síria, Tanzânia e Togo.